Novidades

Plataforma já acompanha meia centena de jovens ex-acolhidos

Em nove meses, a Plataforma de Apoio a Jovens Ex-Acolhidos (PAJE) já apoiou mais de meia centena de jovens, nas mais diversas valências, tendo alcançado a centena de associados, confirmou ao Diário de Coimbra João Pedro Gaspar, mentor e presidente do PAJE, criada em Fevereiro para prestar apoio psicológico, jurídico e aconselhamento informal aos jovens adultos que saem das instituições de acolhimento, contribuindo para a sua inclusão social e laboral. Instalada no Instituto de Psicologia Cognitiva e Desenvolvimento Humano e Social da Universidade de Coimbra, a PAJE tem conquistado, graças ao trabalho que tem desenvolvido com os jovens, o reconhecimento das instituições. De tal maneira que acolhe estágios da Ordem dos Psicólogos e curriculares (tem, neste momento, três estagiárias a trabalhar na plataforma), assim como vê encaminhados para si muitos casos das Equipas Multidisciplinares de Assessoria aos Tribunais (EMAT), ficando a PAJE responsável por apoiar os respectivos jovens.

As crianças foram vitimas! Os jovens necessitam…A PAJE nasce!

Sob a égide do Instituto de Psicologia Cognitiva e Desenvolvimento Humano e Social (Unidade de I&D da Universidade de Coimbra – IPCDHS/FCT) foi criada uma Plataforma de Apoio a Jovens Ex-acolhidos – PAJE que pretende promover a inclusão social e laboral de jovens adultos que viveram acolhidos como vítimas prematuras, apoiando em situações burocráticas quotidianas e aconselhamento.